Tierry – Hackearam-Me (part. Marília Mendonça)

14 de novembro de 2020

Letra: Hackearam-Me – Tierry (part. Marília Mendonça)

Joguei as nossas fotos na lixeira
Pergunte se depois esvazie
Não tive coragem

Tô vendo sempre que me bate saudade
Tô evitando os lugares para não te ver
Tô rejeitando os convites para beber
Me dói falar em bebê
Bebê era como eu chamava você

Meu coração clonou meu chip
E só para te avisar
Se essa noite eu te ligar
Não me atenda

Se acaso de madrugada
Chegar algum volta para mim
Hackearam-me, hackearam-me

Dizendo ainda te amo
É alguém que sabe que eu te perdi
Hackearam-me, hackearam-me

Tô evitando os lugares para não te ver
Tô rejeitando os convites para beber
Me dói falar em bebê
Bebê era como eu chamava você

Meu coração clonou meu chip
E só para te avisar
Se essa noite eu te ligar
Não me atenda

Se acaso de madrugada
Chegar algum volta para mim
Hackearam-me, hackearam-me

Dizendo ainda te amo
É alguém que sabe que eu te perdi
Hackearam-me, hackearam-me

Se acaso de madrugada
Chegar algum volta para mim
Hackearam-me, hackearam-me

Dizendo ainda te amo, te amo, te amo, te amo
É alguém que sabe que eu te perdi
Hackearam-me, hackearam-me
Joguei.

Por Fernando
307 Views

Gostou do Post? Deixe seu comentário!

SIGA e OUÇA nossa Playlist no Spotify

Siga as redes do Blog Tô No Buteco 🎤🎧

👉 Facebook: BlogToNoButeco

👉 Twitter: @BlogToNoButeco

👉 Instagram: @ToNoButeco

destaques

PARCEIROS

© 2020 tô no buteco - Todos os direitos reservados.