Luan Pereira – Do Mato Pro Mundo

22 de janeiro de 2021

Letra: Do Mato Pro Mundo – Luan Pereira

Bruto e jeca de tudo
Eu você e a vióla no meio do mato, Isolados do mundo
Pra mim a gente tinha tudo
Mas você recusou meu jeito xucro

“E quando eu te vi do outro lado da porteira, se despedindo do meu abraço, nega”

O palheiro apagou, minha viola empenou
E o matuto chorou
E o matuto chorou, e o matuto chorou

Eu Simprão de tudo
Pra ela foi nada
Do Mato Pro Mundo, ela partiu levando o coração do Bruto

Do mato Pro Mundo
Deixou cicatriz num coração raiz.

Por Fernando
162 Views

Gostou do Post? Deixe seu comentário!

SIGA e OUÇA nossa Playlist no Spotify

Siga as redes do Blog Tô No Buteco 🎤🎧

👉 Facebook: BlogToNoButeco

👉 Twitter: @BlogToNoButeco

👉 Instagram: @ToNoButeco

destaques

PARCEIROS

© 2020 tô no buteco - Todos os direitos reservados.