Ícaro e Gilmar – Pouca Roupa

16 de janeiro de 2021

Letra: Pouca Roupa – Ícaro e Gilmar

Ai que delicia que é te ver de pouca roupa
Ai que delícia que é beijar a sua boca
Ai que delícia que é te ver embriagada e suada de amor de amor
Fecha a janela, tranca a porta e liga o abajur
Só sua sombra na parede com seu corpo nu
Encenação de excitação é um tesão te ver assim
Toda pra mim, amor
E joga o vinho todo no seu corpo
Me chama pra eu ir tirando aos poucos
O som ligado baixo lá nos fundos
Faz você dançar
Me joga contra a porta do banheiro
Pega e bagunça o meu cabelo
E fala sussurrando em meu ouvido
Que vai fazer amor comigo
Fecha a janela, tranca a porta e liga o abajur
Só sua sombra na parede com seu corpo nu
Encenação de excitação é um tesão te ver assim
Toda pra mim, amor
E joga o vinho todo no seu corpo
Me chama pra eu ir tirando aos poucos
O som ligado baixo lá no fundo
Faz você dançar
Me joga contra a porta do banheiro
Pega e bagunça o meu cabelo
E fala sussurrando em meu ouvido
Que vai fazer amor comigo
Que vai fazer amor comigo.

Por Fernando
113 Views

Gostou do Post? Deixe seu comentário!

SIGA e OUÇA nossa Playlist no Spotify

Siga as redes do Blog Tô No Buteco 🎤🎧

👉 Facebook: BlogToNoButeco

👉 Twitter: @BlogToNoButeco

👉 Instagram: @ToNoButeco

destaques

PARCEIROS

© 2020 tô no buteco - Todos os direitos reservados.